Por Favor aguarde...
 
   Lembrar dados
 
   Esqueci-me da password
 
 
 

Quando escolheu o nome do seu bebé?

Ver Resultados

Problemas Respiratórios com origem na Infância

Problemas Respiratórios com origem na Infância

Um estudo publicado na revista “Thorax” revela que a função respiratória e o risco de desenvolvimento de problemas respiratórios crónicos na idade adulta podem ser determinados na infância.


O estudo, realizado pela Haukeland University Hospital, na Noruega, revela que a função respiratória e o risco de desenvolvimento de problemas respiratórios crónicos na idade adulta são em parte determinados na infância.

Os investigadores descobriram que na infância a existência de “factores desfavoráveis", como por exemplo estar perto de fumadores, ou sofrer de infecções pulmonares, pode influenciar e aumentar o risco de desenvolvimento de doença pulmonar obstrutiva crónica (DPOC).

Os investigadores apuraram que 40% dos participantes do estudo tinham, pelo menos, um “factor desfavorável” na infância, que incluíam exposição ao fumo passivo, infecções pulmonares ocorridas antes dos 5 anos de idade e ter pais que sofriam de asma ou com história médica passada de asma.

O estudo analisou como é que estes “factores negativos”, na infância, estavam associados, incluindo tabagismo actual e asma na infância, e concluíram que comparativamente com quem não tinha tido qualquer “factor desfavorável”, os participantes que tinham sido expostos a um dos três factores tinham uma probabilidade de desenvolver DPCO seis vezes maior nos homens e sete vezes maior, nas mulheres.

A doença pulmonar obstrutiva crónica (DPOC) é uma doença caracterizada pela diminuição da capacidade respiratória, resultante da obstrução das vias aéreas.
O tabaco é a causa mais frequente do desenvolvimento desta doença progressiva, crónica.

O estudo com a participação de 13 mil homens e mulheres, com idades compreendidas entre os 20 e 45 anos.



19-01-2010

Notícias por mês:  
 
Votar

Cria um countdown da tua gravidez


 
comments powered by Disqus