Por Favor aguarde...
 
   Lembrar dados
 
   Esqueci-me da password
 
 
 

Quando escolheu o nome do seu bebé?

Ver Resultados

Mãe depois dos 40

Mãe depois dos 40

A maternidade é um sonho ansiado pela maioria das mulheres, por isso, será que existe uma idade certa para ser mãe?


O período mais favorável para engravidar é entre os 20 e os 35 anos de idade.


No entanto, com os avanços da medicina, é possível planear uma gravidez depois dos 35 anos.

A mulher não precisa desistir da gravidez porque já passou da faixa etária habitual, porque os riscos podem ser controlados e superados.


Cuidados a Ter

Para que a gravidez corra o melhor possível, deverá, ainda antes de engravidar, fazer algumas análises e exames, como provas de toxoplasmose, rubéola, hepatite, sida, sífilis, e as normais análises ao sangue e à urina.

Ao longo dos nove meses de gestação é normal que as grávidas dupliquem os seus cuidados.

A regra de ouro de uma gestação passa, primeiro que tudo, por uma boa alimentação. Por isso, deve evitar-se, ao máximo, ceder às tentações dos doces e dos hidratos de carbono, ou seja, não se deve comer por dois, contrariamente ao que se possa pensar.



Perigos


Numa gravidez a partir dos 40 anos vê-se aumentada a probabilidade de riscos, nomeadamente no que diz respeito a anomalias cromossómicas. O risco de ter um bebé, por exemplo, com síndroma de Down (trissomia 21) é tanto maior quanto mais velha for a mãe.

É importante, por isso, avaliar os antecedentes obstétricos da mulher para poder fazer um juízo de valor sobre os riscos, nomeadamente através de exames e acompanhamento médico.



Risco de Aborto


Uma mãe muito nova, ou de idade avançada, vê as suas hipóteses de abortamento aumentadas. Tudo depende da gravidez e do estado de saúde da gestante. No entanto, uma mulher com mais de 40 anos enfrenta um risco maior de ter um bebé prematuro, ou de vir a abortar.


Gravidez Saudável

O ácido fólico é uma vitamina do complexo B, cuja ingestão deve começar ainda no planeamento da gravidez. Deverá ser tomado três meses antes de engravidar e nos três primeiros meses da gravidez. O ácido fólico ajuda a garantir a saúde da mãe e o desenvolvimento do bebé.

Além do suplemento, pode ainda ingerir alimentos ricos em ácido fólico, nomeadamente, brócolos, espinafre, gema de ovo, fígado, feijão e peixe.


Outras recomendações


A não ser que a gravidez seja de risco, a mulher deverá ser capaz de fazer praticamente tudo, mesmo durante a gravidez.


Assim, aconselha-se:

  • Não fumar;
  • Não ingerir bebidas alcoólicas;
  • Reduzir o consumo de bebidas com cafeína (café, chás e refrigerantes);
  • Actividade física moderada e adequada (caminhadas, natação), se já a praticava, os riscos serão menores;
  • Cozinhar bem os alimentos (nomeadamente as carnes e os ovos);
  • Reforçar a ingestão de cálcio ( 2 a 3 copos de leite por dia e/ou iogurtes, como alternativa ao leite);
  • Lavar bem os frutos e hortaliças cruas;
  • Exames médicos frequentes e despiste de doenças (excepto radiografias);
  • Boa higiene oral.




 
Votar

Cria um countdown da tua gravidez

 

 
comments powered by Disqus