Warning: array_keys() expects parameter 1 to be array, null given in /home/kazulo/public_html/inc/class.dbobj.php on line 268

Warning: array_keys() expects parameter 1 to be array, null given in /home/kazulo/public_html/inc/class.module.php on line 99

Warning: in_array() expects parameter 2 to be array, null given in /home/kazulo/public_html/inc/class.module.php on line 102

Warning: array_key_exists() expects parameter 2 to be array, null given in /home/kazulo/public_html/inc/class.dbobj.php on line 67

Warning: array_key_exists() expects parameter 2 to be array, null given in /home/kazulo/public_html/inc/class.dbobj.php on line 67

Warning: array_key_exists() expects parameter 2 to be array, null given in /home/kazulo/public_html/inc/class.dbobj.php on line 67

Warning: array_key_exists() expects parameter 2 to be array, null given in /home/kazulo/public_html/inc/class.dbobj.php on line 67

Warning: array_key_exists() expects parameter 2 to be array, null given in /home/kazulo/public_html/inc/class.dbobj.php on line 67

Warning: array_key_exists() expects parameter 2 to be array, null given in /home/kazulo/public_html/inc/class.dbobj.php on line 67

Warning: Variable passed to each() is not an array or object in /home/kazulo/public_html/inc/class.dbobj.php on line 641

Warning: implode() [function.implode]: Invalid arguments passed in /home/kazulo/public_html/inc/class.dbobj.php on line 120

Warning: implode() [function.implode]: Invalid arguments passed in /home/kazulo/public_html/inc/class.dbobj.php on line 120
Embriões congelados melhores que embriões frescos - Notícias - Bebés e Puericultura da Gravidez, ao parto e alimentação do bebé
Por Favor aguarde...
 
   Lembrar dados
 
   Esqueci-me da password
 
 
 

Quando escolheu o nome do seu bebé?

Ver Resultados
Erro


Insert - Erro na Base de Dados sessions

Erro


SESSION_CREATE_ERROR

Embriões congelados melhores que embriões frescos

Embriões congelados melhores que embriões frescos

Um estudo finlandês, publicado no jornal “Human Reproduction”, concluiu que os embriões congelados poderão ser uma melhor opção do que os frescos para as mulheres que necessitam de recorrer à fertilização in vitro para engravidar.


As mulheres, cujo processo de fertilização usou embriões congelados, têm uma menor probabilidade de dar à luz prematuramente do que as mulheres que engravidaram a partir de um óvulo "fresco", que foi removido, fertilizado e implantado dentro do mesmo ciclo, revela o estudo da Oulu University Hospital, na Finlândia.

O estudo verificou que 258 dos bebés concebidos a partir de embriões frescos (1 em cada 11) nasceram prematuramente.
Em comparação, nasceram prematuramente, 120 bebés que foram concebidos a partir de embriões congelados (1 em cada 16).
Ou seja, a percentagem de bebés que nascem prematuramente é maior nas fertilizações com base em óvulos "frescos" do que nas que usam embriões congelados.

Os investigadores detectaram ainda que havia diferenças entre embriões "frescos" e congelados em relação peso à nascença: 6% dos casos de embriões "frescos" (180), apresentavam baixo peso à nascença, em comparação com os 4,2% (76) de casos de embriões congelado.

Existiam também diferenças relativamente ao tamanho, pequeno, dos bebés, para o tempo de gravidez, em que 3,1% dos bebés originários de embriões "frescos" eram pequenos, comparativamente com 1,5% dos bebés originários de embriões congelados.

Explicando o fenómeno, o processo de congelamento e descongelamento pode filtrar os embriões "fracos", sobrevivendo apenas os de boa qualidade.

Existe ainda o facto de a transferência de embriões congelados permitir uma maior aproximação ao ciclo hormonal da mulher, recriando mais fidedignamente o processo da concepção natural.

Para o estudo foram comparados dados de cerca de 2.300 crianças, concebidas a partir de embriões congelados, de mais de 4.100 nascidas a partir de embriões frescos e de 32 mil gravidezes que não necessitaram da fertilização in vitro ou de outros tratamentos de fertilidade.



01-03-2010

Notícias por mês:  
 
Votar

Cria um countdown da tua gravidez


 
comments powered by Disqus