Por Favor aguarde...
 
   Lembrar dados
 
   Esqueci-me da password
 
 
 

Quando escolheu o nome do seu bebé?

Ver Resultados

Bullying nas Escolas: Sinais de Alerta e Como lidar com o Problema

Bullying nas Escolas: Sinais de Alerta e Como lidar com o Problema

O Bullying é um problema com cada vez mais expressão por todo o mundo.


Estima-se que 1 em cada 4 crianças sofra de Bullying em Portugal...


Mas como detectar e lidar com o problema?


As crianças que normalmente são vítimas de bullying correspondem a um padrão, que inclui algumas características de personalidade ou mesmo físicas específicas, como:

  • obesidade
  • tiques
  • usar óculos ou aparelho
  • dificuldades de expressão
  • gaguez
  • timidez
  • demasiado extrovertido


De alguma forma, estas crianças fogem aos padrões normativos, o que os torna um alvo de bullying.

Como pai/mãe, deverá estar alerta para algumas destas características, para o caso de surgimento de alguns sinais/sintomas de alerta.


Quais?

Segundo a Psicóloga Clínica, Tânia Praias, especialista na área do Bullying, estes são os principais sinais de alerta:

  • Se o seu filho é alvo de brincadeiras de mau gosto, com frequência;
  • Tem uma ou várias alcunhas “maldosas”, ou pejorativas;
  • Por vezes, quando a agressão se torna mais persistente, recusa-se a ir à escola, sem existir um motivo, aparentemente;
  • Desaparecem-lhe coisas ou mesmo dinheiro, sem justificação (ou diz que perdeu);
  • Não tem amigos, ou poucos, com as mesmas características (não normativas)
  • Está mais alheado da família do que de costume, mais introspectivo;
  • Se está com piores resultados na escola;
  • Tem alterações no humor, abatimento físico e psicológico, sem paciência para nada;
  • É sensível a brincadeiras e reage agressivamente ou chora incontrolavelmente;
  • Se tem queixas físicas permanentes (dor de cabeça, de estômago, fadiga), irritabilidade extrema, inércia.


Desconfio que o meu filho sofre maus tratos, ou é vítima de bullying.

O que fazer?


  • Não deve, primeiro que tudo desvalorizar o que aconteceu;
  • Nem faça o seu filho manter-se indiferente às agressões. Isso fará com que se sinta um fracassado, uma vez que a sua auto-estima já está tão destruída.
  • Explique que é natural sentir medo e vergonha, mas que tem que ser capaz de falar sobre o assunto e sobre o que lhe está a acontecer, para que o possam ajudar.
  • Reforce que o seu filho não tem culpa daquilo que aconteceu, já que muitas vezes as vítimas tendem a culpar-se pensando que fizeram algo que provocou a agressão.
  • Tente chamar a atenção dos professores e, se possível, com o acompanhamento do director de turma, marcar uma reunião com os pais do agressor, pedindo-lhes ajuda para a resolução da situação.
  • Tanto a vítima de Bullying como o agressor, deverão ter acompanhamento psicológico.
  • Isto porque, para a vítima existe a necessidade de recuperar a sua auto-estima, livrando-se do trauma que sofreu.
    Para o agressor, é fácil perceber que um jovem que inflige dor a outro porque sim, não pode estar emocionalmente equilibrado



Como pai/mãe, não pode deixar para a escola a competência de vigiar os sintomas do seu filho.

Até porque a escola não está preparada para lidar com estas situações. Os próprios sindicatos dos professores são os primeiros a dizer que as escolas não actuam devidamente perante situações de bullying e que, muitas vezes, ignoram estes casos.


Vigie os comportamentos do seu filho. Ajude o seu filho a combater o bullying!



  • Dia da Criança: História e Datas Comemorativas

    O Dia da Criança é comemorado a 1 de Junho de cada ano.


    Mas porquê esta data?


    Conheça as origens do dia que comemora a luta pelos direitos das crianças.

  • Crianças, Verão e... SOS Escaldão!

    O Verão está a chegar e, com ele, os grandes dias de Sol e praia, actividades ao ar livre e muita liberdade... É tempo de redobrar os cuidados com as crianças!


    Saiba como evitar as queimaduras solares.


  • Inseminação Artificial - tudo o que precisa saber

    Uma solução para quem sofre de infertilidade.

  • A Infertilidade - Aspectos reais

    A infertilidade liga-se ao desejo de um bebé. Veja mais aqui.

  • Viajar com crianças - diversão para toda a...

    Planear uma viagem com crianças não é uma tarefa fácil. No entanto, há algumas coisas que poderá fazer de forma a preservar a sua sanidade mental, e, se possível, conseguir divertir-se um pouco durante a viagem.

  • Adopção: tudo o que precisa saber

    Juridicamente a adopção é o vinculo que, tal como numa filiação normal, se estabelece entre o adoptante e o adoptado. No entanto, mais do que um processo jurídico, a adopção consiste num acto de amor verdadeiro , mas não deixa de ser importante

  • Casting para bebés: trabalho infantil ou...

    Tem um bebé lindo e quer fazer dele uma estrela? Pois claro que sim, você e milhares de outras mães que acham os seus filhotes tão ou mais bonitos que o seu. Apesar de desde há muito tempo vermos bebés em outdoors e anúncios de televisão, a verdade é que este fenómeno de «casting para bebés» é relativamente recente.

  • O papel do Pai e o parto

    A partir do momento em que a mulher anuncia a gravidez, um turbilhão de emoções invadem o futuro pai e mãe.
    Apesar das alterações principais se darem na mulher, afinal é ela que transporta no ventre o bebé, o papel do pai é crucial ao longo de todo o processo.

  • Barriga de Aluguer - será a solução?

    A infertilidade é um problema que afecta muitos casais. Uns procuram a solução para o seu problema adoptando, outros recorrem à inseminação artificial, e há ainda quem recorra à barriga de aluguer.Saiba mais sobre um método cada vez mais procurado, mas ainda ilegal em Portugal.

  • Subsídios e Licença Parental

    Com o aumento da licença parental, que entrou em vigor em Maio de 2009, vieram as regalias, mas também as dúvidas. A licença parental foi aumentada de cinco para seis meses. Outra grande mudança que esta nova lei trouxe, foi a equiparação da

  • Dia da Mãe - A História

    Comemorado no mês de Maio, o Dia da Mãe celebra o poder maternal com que todas as mulheres foram abençoadas.

    O dia comemora a capacidade de gerar vida e de lidar com todos os sacrifícios que essa dádiva implica.


    Conheça a história e origens do Dia da Mãe.

  • Dia do Pai - A História

    O dia do pai, dia celebrado a 19 de Março e que comemora a figura paterna e as suas funções.


    Apesar de ter um cariz mais comercial nos dias de hoje, todos os pais gostam de receber uma lembrança com a inscrição “Para o melhor pai do mundo”.




 
Votar
Tags

Cria um countdown da tua gravidez