Por Favor aguarde...
 
   Lembrar dados
 
   Esqueci-me da password
 
 
 

Quando escolheu o nome do seu bebé?

Ver Resultados

Meningite: Sintomas e Prevenção

Meningite: Sintomas e Prevenção

Nas últimas décadas, a meningite tem sido estudada e vigiada, aprofundando o conhecimento sobre as diferentes bactérias responsáveis pelos casos de meningite em Portugal, principalmente em crianças com idade inferior a 5 anos.


A Meningite é uma doença grave, principalmente por deixar, muitas vezes, sequelas graves, para o resto da vida. E é facilmente confundida com uma gripe, por apresentar sintomas semelhantes.


Sintomas da Meningite a que deve estar alerta:

  • febre,
  • dor de cabeça,
  • rigidez do pescoço,
  • dor de garganta,
  • vómitos,
  • choro e irritabilidade,
  • convulsões,
  • sonolência,
  • recusa de alimentos,
  • pele pálida e manchada


A Meningite poderá surgir de formas diferentes, através do contágio por diferentes bactérias, e por isso é uma doença que apresenta quatro variações: 


1. Meningite Meningocócica
A incidência da infecção meningocócica é geralmente cíclica, e normalmente surge nos primeiros meses do ano.
Este tipo de meningite é o mais comum e conhecido como Meningite C, que representa cerca de 55% dos casos.
A doença é mais frequente em crianças com menos de 5 anos, com um pico de incidência no primeiro ano de vida.


2. Meningite por Haemophilus Influenzae tipo B (Hib)
A incidência da infecção por Hib é sazonal, com especial incidência na Primavera e Outono.
Segundo os dados da Direcção Geral de Saúde, cerca de 5% dos casos de meningite por Hib são mortais e cerca de 15 a 30% dos doentes podem vir a desenvolver sequelas neurológicas graves.


3. Meningite Pneumocócica
Esta variação de meningite é mais frequente em lactentes e idosos e apresenta uma elevada taxa de letalidade.
A bactéria é a mesma que causa a pneumonia (Streptococus pneumoniae) e geralmente, aparece como casos isolados, não sendo recomenda nenhuma medida aos contactos do doente.


4. Meningites Virais
A maioria dos casos de meningites virais é causada pelos enterovírus e pelo vírus da parotidite, pela possibilidade de ocorrerem em surto, provocando inquietação social.
Ao contrário do enterovírus, a meningite provocada pela parotidite evolui de forma espontânea para a cura, sem deixar sequelas.



Transmissão

Geralmente o contacto directo é o único meio de transmissão, dada a fragilidade das bactérias fora do organismo humano, no entanto é possível outras formas de transmissão.

A transmissão é geralmente feita através do ar e é favorecida por tosse, espirros, beijos e proximidade física. 


Geralmente, a contaminação não tem sintomas, ou assemelha-se a uma gripe. A susceptibilidade de transmissão é maior nas crianças abaixo dos 5 anos de idade, sendo que existe uma maior incidência no primeiro ano de vida.


A excepção são as meningites virais, cuja susceptibilidade de transmissão é universal, não havendo particular incidência nas crianças.



Tratamento, Vacinação e Prevenção
Em Portugal existem as vacinas MenC, Menjugate, Meningitec e Neisvac, que visam a prevenção da Meningite meningocócica, a estirpe com maior prevalência em Portugal.
Estas deverão ser administradas a bebés aos 2, 4 e 6 meses e, após os 12 meses, uma dose única.


Existe também a vacina Hib, contra as doenças causadas por Haemophilus influenzae tipo b, que é administrada aos  2, 4, 6 e 18 meses .

Exite ainda a vacina Prevenar, que visa a prevenção da doença invasiva, e meningite provocada pelo streptococus pneumoniae.
Esta deverá ser aplicadas aos 3, 5 e 7 meses de idade e, após os 12 meses, duas doses com dois meses de intervalo.



Sequelas:
Mesmo com tratamento imediato, 10% das crianças com meningite C têm grande probabilidade de vir a morrer.
Aproximadamente uma em cada cinco crianças que sobrevivem à infecção acaba por sofrer de problemas graves, como:

  • cegueira;
  • surdez;
  • deficiência mental,
  • paralisia cerebral;
  • epilepsia;
  • hidrocefaleia;
  • aumento da pressão intracraniana;
  • neuropatia;
  • vasculite;
  • febre recorrente;
  • efusão subdural;
  • Secreção inadequada da hormona antidiurética (SIADH);
  • diabetes insipidus, etc.


Para evitar que os seus filhos sejam afectados por esta doença, não hesite, vacine as suas crianças, e previna-se. As vacinas contra a meningite fazem parte do Programa Nacional de Vacinação (PNV) e são gratuitas; basta deslocar-se até ao seu centro de saúde para que estas sejam administradas ao seu filho.



  • Constipações: o que fazer

    É impossível evitar que o bebé apanhe uma constipação, sobretudo quando passa a maior parte do seu tempo no infantário e em contacto com outras crianças. No entanto, é possível diminuir o risco de contágio.

  • Défice de Atenção e Hiperactividade - DDAH

    A Desordem por Défice de Atenção com Hiperactividade (DDAH*) é uma condição que se torna aparente nas crianças em idade pré-escolar e ensino primário. É difícil para estas crianças controlarem o seu comportamento e/ou prestar atenção.

  • Proteja as crianças: 10 Cuidados a ter com o Sol

    Com a chegada do calor e do Verão surgem as férias e as idas à praia e a exposição ao sol. O sol moderado faz bem à saúde, mas em excesso, sem protecção adequada à criança, pode provocar queimaduras no corpo.


    Veja aqui 10 regras para proteger as suas crianças.

  • Sintomas da Varicela

    A varicela é uma doença, tipicamente, da infância e muito frequente. Das mais contagiosas, surge principalmente no Inverno e na Primavera, afectando, todos os anos, em Portugal, milhares de crianças. Sintomas Na maioria das crianças a erupção

  • Alergias: Sintomas e Tratamento

    Com a melhoria das condições meteorológicas, aumentam os níveis do e pólen no ar, que pode levar ao aumento de casos de alergias. Saiba distinguir alergias na pele, de alergias respiratórias, e das alimentares.


    Conheça os sintomas e saiba o que fazer, caso o seu filho seja alérgico.

  • Assadura da fralda: Como tratar as assaduras do...

    Uma das lesões mais comuns nos bebés e crianças pequenas é a assadura ou dermatite da fralda. Conhece os sintomas?

    Saiba como prevenir e tratar a assadura do bebé.


  • As Crianças e as Doenças do Verão

    No verão os cuidados devem ser redobrados. 



 
Votar

Cria um countdown da tua gravidez

 

 
comments powered by Disqus