Por Favor aguarde...
 
   Lembrar dados
 
   Esqueci-me da password
 
 
 

Quando escolheu o nome do seu bebé?

Ver Resultados

O papel do Pai e o parto

O papel do Pai e o parto

A partir do momento em que a mulher anuncia a gravidez, um turbilhão de emoções invadem o futuro pai e mãe.
Apesar das alterações principais se darem na mulher, afinal é ela que transporta no ventre o bebé, o papel do pai é crucial ao longo de todo o processo.


  • O apoio é essencial

Começando na primeira ecografia e indo até ao momento do parto, o acompanhamento e apoio do pai do bebé ao longo do tempo é indispensável para a mulher.

Porque já lá vai o tempo em que o homem deambulava inquietamente na sala de espera, impedido de participar no parto. Actualmente, muitos são os pais que fazem questão de estar presentes nesta hora e reconfortarem a mãe.

O momento do parto é único e farto em emoções, o carinho do pai, o seu consolo ao segurar a mão ou as palavras de ânimo podem ser cruciais no desempenho da mãe.


  • Durante a gravidez

O apoio do pai ao longo da gestação é determinante para a mãe, e consequentemente para o bebé. Ir às consultas de obstetricia, estar presente nas aulas de preparação para o parto e finalmente estar na sala de parto facilita em muito.

São nove meses de especial compreensão e atenção para aquele novo ser que vem a caminho, mas ele não foi feito sozinho, por isso o pai tem que se empenhar tanto como a mãe para correr bem.

A participação ou não do pai no nascimento do filho tem de ser um assunto conversado no decurso da gravidez. Existem 3 possibilidades mas todas elas implicam muito entendimento entre o casal. A paciência e acima de tudo a tolerância devem ser pontos bacilares nesta fase da vida.


  • O pai e a sala de partos


Alguns homens assustam-se com a inscrição “sala de partos” mas muitos outros existem que encaram a situação com bastante naturalidade.
Se a mãe não se opuser e o pai desejar, o ideal é estarem ambos na sala de partos.

Torna o parto mais fácil e a mulher sente-se mais segura. Para não tornar a situação embaraçosa o homem deve ficar à cabeceira da maca, para apoiar a mulher e não ter que visualizar directamente o parto. Se for um pai que encara a situação com mais descontracção pode sempre cortar o cordão umbilical.


Estes momentos são inesquecíveis e fortalecem os laços, quer entre pai, mãe e filho, quer entre o próprio casal.


A segunda e terceira possibilidade prendem-se quando um dos membros do casal se opõe à presença do outro no momento do parto.

No que diz respeito à mulher, por vezes pode suceder que esta tem medo/vergonha, principalmente se for o primeiro filho, e não sabendo o que a espera prefere não partilhar o momento com o marido.

Há também a outra face da moeda, e mais frequente, que é quando o homem não suporta a ideia de entrar na sala de partos. Seja por fobia a hospitais ou a sangue, ou porque simplesmente não tolera a ideia de ver a companheira a sofrer para ter a criança.

Independentemente da razão e do membro do casal, o respeito tem de imperar, e não estar presente não faz da pessoa melhor ou pior pai/mãe.


  • Atenção: Vai nascer agora!


A mulher sente que as contracções se tornam cada vez mais frequentes e com menos intervalo de tempo e as águas rebentam-se, chegou a altura.


Nestes últimos dias de gestação, o pai que anda normalmente mais nervoso e ansioso, deve estar sempre contactável, a mala e a documentação prontas a levar e ter um papel ainda mais especial para com a mulher.
A disponibilidade tem de ser imediata e o mais rápido possível há que transportar a mãe para o hospital.


O essencial é manter a calma e esperar que tudo corra pelo melhor. Dar entrada no hospital e participe ou não no parto, usufrua o momento e anime-se, o melhor vem aí, uma nova vida nasceu, o seu filho.


  • Bullying nas Escolas: Sinais de Alerta e Como...

    O Bullying é um problema com cada vez mais expressão por todo o mundo.

    Estima-se que 1 em cada 4 crianças sofra de Bullying em Portugal...


    Mas como detectar e lidar com o problema?

    Veja aqui os sinais de alerta e o que pode fazer para ajudar o seu filho!


  • Dia da Criança: História e Datas Comemorativas

    O Dia da Criança é comemorado a 1 de Junho de cada ano.


    Mas porquê esta data?


    Conheça as origens do dia que comemora a luta pelos direitos das crianças.

  • Crianças, Verão e... SOS Escaldão!

    O Verão está a chegar e, com ele, os grandes dias de Sol e praia, actividades ao ar livre e muita liberdade... É tempo de redobrar os cuidados com as crianças!


    Saiba como evitar as queimaduras solares.


  • Inseminação Artificial - tudo o que precisa saber

    Uma solução para quem sofre de infertilidade.

  • A Infertilidade - Aspectos reais

    A infertilidade liga-se ao desejo de um bebé. Veja mais aqui.

  • Viajar com crianças - diversão para toda a...

    Planear uma viagem com crianças não é uma tarefa fácil. No entanto, há algumas coisas que poderá fazer de forma a preservar a sua sanidade mental, e, se possível, conseguir divertir-se um pouco durante a viagem.

  • Adopção: tudo o que precisa saber

    Juridicamente a adopção é o vinculo que, tal como numa filiação normal, se estabelece entre o adoptante e o adoptado. No entanto, mais do que um processo jurídico, a adopção consiste num acto de amor verdadeiro , mas não deixa de ser importante

  • Casting para bebés: trabalho infantil ou...

    Tem um bebé lindo e quer fazer dele uma estrela? Pois claro que sim, você e milhares de outras mães que acham os seus filhotes tão ou mais bonitos que o seu. Apesar de desde há muito tempo vermos bebés em outdoors e anúncios de televisão, a verdade é que este fenómeno de «casting para bebés» é relativamente recente.

  • Barriga de Aluguer - será a solução?

    A infertilidade é um problema que afecta muitos casais. Uns procuram a solução para o seu problema adoptando, outros recorrem à inseminação artificial, e há ainda quem recorra à barriga de aluguer.Saiba mais sobre um método cada vez mais procurado, mas ainda ilegal em Portugal.

  • Subsídios e Licença Parental

    Com o aumento da licença parental, que entrou em vigor em Maio de 2009, vieram as regalias, mas também as dúvidas. A licença parental foi aumentada de cinco para seis meses. Outra grande mudança que esta nova lei trouxe, foi a equiparação da

  • Dia da Mãe - A História

    Comemorado no mês de Maio, o Dia da Mãe celebra o poder maternal com que todas as mulheres foram abençoadas.

    O dia comemora a capacidade de gerar vida e de lidar com todos os sacrifícios que essa dádiva implica.


    Conheça a história e origens do Dia da Mãe.

  • Dia do Pai - A História

    O dia do pai, dia celebrado a 19 de Março e que comemora a figura paterna e as suas funções.


    Apesar de ter um cariz mais comercial nos dias de hoje, todos os pais gostam de receber uma lembrança com a inscrição “Para o melhor pai do mundo”.




 
Votar

Cria um countdown da tua gravidez

 

 
comments powered by Disqus