Warning: array_keys() expects parameter 1 to be array, null given in /home/kazulo/public_html/inc/class.dbobj.php on line 268

Warning: array_keys() expects parameter 1 to be array, null given in /home/kazulo/public_html/inc/class.module.php on line 99

Warning: in_array() expects parameter 2 to be array, null given in /home/kazulo/public_html/inc/class.module.php on line 102

Warning: array_key_exists() expects parameter 2 to be array, null given in /home/kazulo/public_html/inc/class.dbobj.php on line 67

Warning: array_key_exists() expects parameter 2 to be array, null given in /home/kazulo/public_html/inc/class.dbobj.php on line 67

Warning: array_key_exists() expects parameter 2 to be array, null given in /home/kazulo/public_html/inc/class.dbobj.php on line 67

Warning: array_key_exists() expects parameter 2 to be array, null given in /home/kazulo/public_html/inc/class.dbobj.php on line 67

Warning: array_key_exists() expects parameter 2 to be array, null given in /home/kazulo/public_html/inc/class.dbobj.php on line 67

Warning: array_key_exists() expects parameter 2 to be array, null given in /home/kazulo/public_html/inc/class.dbobj.php on line 67

Warning: Variable passed to each() is not an array or object in /home/kazulo/public_html/inc/class.dbobj.php on line 641

Warning: implode() [function.implode]: Invalid arguments passed in /home/kazulo/public_html/inc/class.dbobj.php on line 120

Warning: implode() [function.implode]: Invalid arguments passed in /home/kazulo/public_html/inc/class.dbobj.php on line 120
Subsídios e Licenças de Paternidade - Dossiers - Bebés e Puericultura da Gravidez, ao parto e alimentação do bebé
Por Favor aguarde...
 
   Lembrar dados
 
   Esqueci-me da password
 
 
 

Quando escolheu o nome do seu bebé?

Ver Resultados
Erro


Insert - Erro na Base de Dados sessions

Erro


SESSION_CREATE_ERROR

Subsídios e Licença Parental

Subsídios e Licença Parental

Com o aumento da licença parental, que entrou em vigor em Maio de 2009, vieram as regalias, mas também as dúvidas.
A licença parental foi aumentada de cinco para seis meses. Outra grande mudança que esta nova lei trouxe, foi a equiparação da adopção às licenças de parentalidade, e o reforço dos direitos dos avós (nomeadamente com atribuição de subsídios).


Licença de Maternidade e Paternidade:

A licença parental foi aumentada de cinco para seis meses.
Estes meses são subsidiados a 83 por cento (do valor do vencimento), se a escolha for os seis meses;
Mas se preferir apenas cinco meses, é subsidiado a 100 por cento na situação de partilha da licença entre mãe e pai.

Subsídios:

Atribuição de subsídios em situações de:
    - risco clínico durante a gravidez,
    - interrupção da gravidez,
    - de nascimento de filhos,
    - de adopção,
    - de riscos específicos,
    - de assistência a filho e netos.

O Subsídio parental tem as seguintes modalidades:

- Inicial:

  • Atribuído ao pai e à mãe, por nascimento de filho (só pode ser atribuído ao pai, se a mãe não o requerer e exercer actividade profissional);
  • Até 120 ou 150 dias seguidos, de acordo com opção do pai e da mãe.
  • O período depois do parto pode ser partilhado por ambos, sendo obrigatório a mãe gozar as primeiras 6 semanas (42 dias).
  • Acrescem 30 dias (podem ser gozados pelo pai ou pela mãe, ou repartidos por ambos) por motivo de:
       - Nascimento de gémeos;
       - Partilha da licença, se o pai e a mãe gozarem, em exclusivo, um período de 30 dias consecutivos ou dois períodos de 15 dias consecutivos, após o gozo obrigatório das 6 semanas da mãe.

- Inicial exclusivo da mãe:
  • Atribuído antes e depois do parto (só é atribuído antes do parto, se a mãe exercer actividade profissional).
  • Num total de 72 dias atribuídos, estes dividem-se em:
        - 30 dias - facultativos e a gozar antes do parto (se a mãe for trabalhadora);
        - 6 semanas (42 dias) são obrigatórios e a gozar logo a seguir ao parto.

- Inicial exclusivo do pai:
  •  Atribuído a seguir ao nascimento de filho:
  •  Tem a duração de:

        - 10 dias úteis obrigatórios (5 dias seguidos logo após o nascimento do filho + 5 seguidos ou interpolados, nos 30 dias seguintes ao nascimento);
        - 10 dias úteis facultativos (seguidos ou interpolados, desde que após os 10 dias obrigatórios e durante o período do subsídio parental inicial da mãe);

- Inicial de um progenitor em caso de impossibilidade do outro:

  •  Atribuído ao pai ou à mãe, em caso de incapacidade física ou psíquica, ou de morte de um deles, durante o período de subsídio parental inicial que faltava gozar ao outro progenitor.



Subsídio parental alargado:

  •  Atribuído ao pai ou à mãe (ou a ambos alternadamente), para assistência ao filho.


Subsídio por adopção:

  • Atribuído aos candidatos a adoptantes de menores de 15 anos, durante um período até 120 ou 150 dias seguidos (+ 30dias a gozar por um dos adoptantes, ou repartidos)


Subsídio por adopção em caso de licença alargada:

  •  É concedido por um período até 3 meses (atribuído a qualquer um dos adoptantes ou a ambos alternadamente, para assistência ao adoptado)


Subsídio para assistência a neto (por nascimento):

  •  Atribuído aos avós ou equiparados, em caso de nascimento de neto que viva com eles (filho de adolescente menor de 16 anos)
  • Tem a duração de:

        - até 30 dias seguidos (a gozar de modo exclusivo ou partilhado).


Os subsídios são atribuídos a:
- Trabalhadores por conta de outrem;
- Trabalhadores independentes;
- Pessoas abrangidas pelo Seguro Social Voluntário (bolseiros de investigação científica e trabalhadores em barcos estrangeiros);
- Beneficiários que estejam a receber subsídio de desemprego;
- Beneficiários em situação de pré-reforma que exerçam actividade abrangida pelos regimes dos trabalhadores por conta de outrem, dos trabalhadores independentes ou pelo seguro social voluntário.


Quanto vou receber?

O valor dos subsídios corresponde a uma percentagem da Remuneração de Referência do beneficiário e consta no portal da segurança social, de acordo com a sua situação. Consulte aqui.

*Os trabalhadores independentes não têm direito aos subsídios para assistência a filho e para assistência a neto.
*Os trabalhadores que não tenham o prazo de garantia exigido para os subsídios, podem ter acesso aos subsídios sociais, se preencherem a condição de recursos, exigida às pessoas em situação de carência.

Requerimentos e Certificados:
Aqui poderá aceder a todos os formulários necessários para garantir que nada lhe falta para atribuição do seu subsídio:
Os formulários estão disponíveis para download e podem ser utilizados. Imprima-os e entregue (presencialmente ou enviados pelo correio) às instituições de segurança social competentes. Os documentos deve ser devidamente preenchidos e acompanhados dos meios de prova nele indicados.



Para mais informações vá ao site da Segurança Social


  • Bullying nas Escolas: Sinais de Alerta e Como...

    O Bullying é um problema com cada vez mais expressão por todo o mundo.

    Estima-se que 1 em cada 4 crianças sofra de Bullying em Portugal...


    Mas como detectar e lidar com o problema?

    Veja aqui os sinais de alerta e o que pode fazer para ajudar o seu filho!


  • Dia da Criança: História e Datas Comemorativas

    O Dia da Criança é comemorado a 1 de Junho de cada ano.


    Mas porquê esta data?


    Conheça as origens do dia que comemora a luta pelos direitos das crianças.

  • Crianças, Verão e... SOS Escaldão!

    O Verão está a chegar e, com ele, os grandes dias de Sol e praia, actividades ao ar livre e muita liberdade... É tempo de redobrar os cuidados com as crianças!


    Saiba como evitar as queimaduras solares.


  • Inseminação Artificial - tudo o que precisa saber

    Uma solução para quem sofre de infertilidade.

  • A Infertilidade - Aspectos reais

    A infertilidade liga-se ao desejo de um bebé. Veja mais aqui.

  • Viajar com crianças - diversão para toda a...

    Planear uma viagem com crianças não é uma tarefa fácil. No entanto, há algumas coisas que poderá fazer de forma a preservar a sua sanidade mental, e, se possível, conseguir divertir-se um pouco durante a viagem.

  • Adopção: tudo o que precisa saber

    Juridicamente a adopção é o vinculo que, tal como numa filiação normal, se estabelece entre o adoptante e o adoptado. No entanto, mais do que um processo jurídico, a adopção consiste num acto de amor verdadeiro , mas não deixa de ser importante

  • Casting para bebés: trabalho infantil ou...

    Tem um bebé lindo e quer fazer dele uma estrela? Pois claro que sim, você e milhares de outras mães que acham os seus filhotes tão ou mais bonitos que o seu. Apesar de desde há muito tempo vermos bebés em outdoors e anúncios de televisão, a verdade é que este fenómeno de «casting para bebés» é relativamente recente.

  • O papel do Pai e o parto

    A partir do momento em que a mulher anuncia a gravidez, um turbilhão de emoções invadem o futuro pai e mãe.
    Apesar das alterações principais se darem na mulher, afinal é ela que transporta no ventre o bebé, o papel do pai é crucial ao longo de todo o processo.

  • Barriga de Aluguer - será a solução?

    A infertilidade é um problema que afecta muitos casais. Uns procuram a solução para o seu problema adoptando, outros recorrem à inseminação artificial, e há ainda quem recorra à barriga de aluguer.Saiba mais sobre um método cada vez mais procurado, mas ainda ilegal em Portugal.

  • Dia da Mãe - A História

    Comemorado no mês de Maio, o Dia da Mãe celebra o poder maternal com que todas as mulheres foram abençoadas.

    O dia comemora a capacidade de gerar vida e de lidar com todos os sacrifícios que essa dádiva implica.


    Conheça a história e origens do Dia da Mãe.

  • Dia do Pai - A História

    O dia do pai, dia celebrado a 19 de Março e que comemora a figura paterna e as suas funções.


    Apesar de ter um cariz mais comercial nos dias de hoje, todos os pais gostam de receber uma lembrança com a inscrição “Para o melhor pai do mundo”.




 
Votar

Cria um countdown da tua gravidez

 

 
comments powered by Disqus